Espetáculos

Conheça cada detalhe de todos os nossos espetáculos

CONSTRUTÓRIO

Três operários ficam impedidos de sair da obra em que trabalham, ao final do expediente, por conta de uma tempestade que não os deixa voltarem para as suas casas. “Presos” que estão, no entanto, libertam a fantasia para criar as mais incríveis aventuras: transformam ferramentas, e demais objetos da obra, em instrumentos de suas incríveis brincadeiras. Assim recontam, com muita criatividade, alguns contos de fadas, parodiam, com muito bom humor, filmes clássicos, criam e interagem com bichos e criaturas formadas pelas mais inusitadas coisas. Revelam-se, por fim, operários de uma obra muito especial. São, sobretudo, poetas, construtores de sonhos...

A imprensa comenta

 

"‘Construtório’, do autor e diretor Henrique Sitchin, é um desfile eufórico de criatividade, levando a plateia ao delírio...A história é a de três operários que querem voltar para casa, no fim do expediente, mas a chuva lá fora cai violentamente, impedindo-os de sair do trabalho. Portanto, passam a noite ali, brincando com os mesmos objetos com que lidaram o dia inteiro. Alicates, brocas, mangueiras, canos, sacos plásticos, torneiras e muitas ferramentas viram peixinhos, papagaios, cobras e tantas outras invencionices lúdicas... Logo a plateia entra em êxtase com tanta criatividade brotando de objetos triviais. Adultos embarcam nessa viagem tanto quanto as crianças. Observei que desta vez a direção de Henrique Sitchin optou por iniciar o espetáculo já no ápice de euforia e alto astral – e isso se mantém durante toda a duração da peça, de tirar o fôlego. A plateia fica ligada e acesa desde o primeiro minuto – e, o que é raro no teatro infantil, surgem muitas palmas em várias cenas abertas, comprovando a excitação do público diante de tantos estímulos propostos pela Truks. É ver para crer. Não fique de fora dessa alegria. De quebra, como sempre costuma acontecer nas peças dessa companhia, o final traz surpresas e uma dose extra de criatividade e encantamento."

DIB CARNEIRO NETO - REVISTA CRESCER - 01/06/2006

 

“A hora mais esperada por muitos trabalhadores é o fim do expediente. Numa obra, três operários respiram aliviados por poderem ir para casa, mas um dilúvio cai assim que eles põem os pés na rua. Impedido de enfrentá-lo o trio solta a imaginação e faz o tempo passar com brincadeiras e histórias que levam os pequenos às gargalhadas. Em um dos pontos altos as crianças tentam adivinhar o que os três estão criando com material de banheiro. Tubos, conexões e até assentos sanitários dão vida a astronautas, elefantes e borboletas. A peça incentiva a fantasia até o último minuto, quando as garotada é convidada a continuar a brincadeira em casa.”

MARIANA OLIVEIRA – REVISTA VEJA SP - 01/06/2006

FICHA TÉCNICA

 

Texto e direção:


HENRIQUE SITCHIN

 

Elenco:


GABRIEL SITCHIN, HENRIQUE SITCHIN  e
ROGÉRIO UCHOAS

 

Criação e Confecção de Cenografia
e Formas Animadas:


DALMIR ROGÉRIO PEREIRA,
JOSÉ VALDIR ALBUQUERQUE e
HENRIQUE SITCHIN

 

Trilha Sonora:


RAFAEL SENATORE, IONE DIAS DE AGUIAR e CHICO MUNIZ

 

Iluminação:


HENRIQUE SITCHIN

CIDADE AZUL

A Cidade Azul é o meu espetáculo preferido!

Kaique - 02/03/2022

VOVÔ

Eu gostei muito do espetáculo e recomendo! Muito maravilhoso

Rogério Cruz - 02/03/2022

A BRUXINHA

Muito emocionante, tudo perfeito!

Paolo - 02/03/2022

Usamos cookies para personalizar o conteúdo, acompanhar anúncios e oferecer uma experiência de navegação mais segura a você. Ao continuar navegando em nosso frontend você concorda com o uso dessas informações. Leia nossa Política de Privacidade e saiba mais.